segunda-feira, novembro 26, 2007

O Corpo é Comunicação Criativa

"Falar é umas das formas pelas quais um ser humano se situa no mundo, uma maneira do corpo traduzir o que está a sentir" (Viana, 1990, p.120).

Falar e tocar numa parte do corpo é um exercício útil: "Dessa forma, meus alunos começam a descobrir que há uma relação entre verbalização e a descoberta corporal. O ritmo e a musculatura interna [mais ligada às emoções] se transformam, tornam-se mais presentes quando unimos a conscientização física ao processo verbal" (Viana, 1990, p.122).






"A criatividade exige espaço. O que mais me interessam são os espaços entre os ossos" (Viana, 1990).

"... penso que bem mais importante do que conhecer o espírito é saber que o corpo existe, está aqui comigo e dependo dele para viver" (Viana, 1990, p. 126).

sábado, novembro 03, 2007

Porque nos sentimos exaustos?


A coisa mais exaustiva na vida é não ser sincero.
Anne Morrow Lindberg

ESCUTA




Quando escuto o outro estou a fazer a caminhada com ele.
No momento em que a pessoa está fora de foco, escutando-a,
lentamente ela volta ao centro. Se não encontrar o ouvinte certo ela acaba por se distanciar mais do seu foco.

Movimento & Quietude



(Ideias surgidas no seguimento da leitura da Obra "A Dança" de Klauss Viana)

Uma movimentação - ou quietude - plena de vida, e consequentemente, cheia de possibilidades, é algo que se consegue com a total concentração no momento presente, assim como na vivência da configuração espacial onde nos inserimos. Nesse aqui e agora possível, onde a antecipação é mínima, mostra-se a intenção como algo quase palpável - de intensa que é.

Falo de movimentação e não de movimento, porque mais importante que este é a configuração do espaço gerada por um movimento, já que é nesse intervalo que se passam a emoção e as projecções vindas do nosso interior.

Assim, só com a consciência da existência de outras possibilidaes para a resolução de um problema é que se é capaz de condensar essas possibilidades num gesto único que contenha todos os antagonismos - o infinito tornado finito, realizável corporalmente!

*Para uma visualização de gestos com intenção ver o 1º video da 2ª barra de video intitulado Video Arte.
Loading...